logo

Para um sistema alcançar a maturação são necessários anos de trabalho e utilização. Nesse processo, os utilizadores necessitam de um acompanhamento a altura.

Apercebendo-se do volume de trabalho que se espera com o desenvolvimento e entrega do eCampus, o CIUEM reestruturou a sua equipa e procedimentos de desenvolvimento, implementação, manutenção e assistência técnica. Como fruto dessa reestruturação e de acordo com a figura abaixo, a equipa técnica está organizada, conceptualmente, em três especialidades (niveis): analistas, programadores e implementadores (assitência técnica).

Assím, a produção de cada sub-sistema é iniciada pelos analistas, passando pelos programadores e entregue à UEM pelos implementadores. Estes interagem com o núcleo da unidade

Figura : Estrutura Técnica do eCampus

Os gestores são responsáveis pelo planeamento e monitoria das actividades. Alocam recursos, ajusta as prioridades, coordena a interação com clientes/utilizadores e mantém a equipe do projecto focalizada na meta certa e reporta ao Comité de Gestão do mesmo. Este comité é responsável pela tomada de decisões estratégicas do projecto e aprovação de solicitações de mudança.

O grupo de “analistas” enquadra todos os especialistas envolvidos na especificação do sistema. O grupo de programadores é formado por todos especialistas que convertem as especificações de análise em software a destacar os programadores, administradores de base de dados, web designers e por fim temos os implementadores. O grupo de implementadores congrega os testadores, formadores e outro pessoal sazonal como por exemplo o pessoal de infra-estrutura de comunicação, administradores de sistemas entre outros.